Alta capacidade de tráfego e cibersegurança são os maiores interesses das empresas de Telecomunicações no Futurecom

A busca por soluções para a alta capacidade de tráfego de dados é a principal preocupação das empresas de Telecomunicações e banda larga em exposição no Futurecom 2018.

“As necessidades mais visíveis na feira são a simplificação das redes e a entrega de muita capacidade ao usuário final. Tanto que trabalhamos hoje com XGPON, que é uma evolução da tecnologia GPON, com transportes DWDM na casa de até 400Gb por lambda ou 32Tb por fibra”, explica Alejandro Rivera, gerente de Produtos da WDC Networks.

De acordo com o executivo, um dos fatores que impulsionam essa demanda é o comportamento de consumo do usuário final, que exige cada vez mais aplicativos com alto consumo de tráfego.

“Os vídeos, tanto nas redes sociais como em serviços de streaming, são os maiores consumidores de banda. E o que antes era restrito aos computadores e televisores agora é consumido nos dispositivos móveis”, conta. Entra nessa equação a evolução de qualidade, como os formatos ultraHD e 4k.

Outra tendência que estimula o mercado a melhorar seus requisitos de entrega é a expectativa de popularização da Internet das Coisas (IoT). “Além da capacidade de tráfego para atender a esses dispositivos, a cibersegurança também é uma grande preocupação dos desenvolvedores e distribuidores”, evidencia.

Apostas

Pensando em fibra, a principal aposta da WDC Networks é a tecnologia dense wave division multiplex (DWDM). “A grande sacada dessa tecnologia é a geração de capacidade quase infinita”, explica Rivera.

Ronaldo Botelho, engenheiro de Vendas do Brasil e América Latina da ECI Network.

Quem também explora esse caminho é o fabricante ECI Network, que adotou como lema Nós somos a empresa da rede elástica.

“Os ISPs precisam de um equipamento que garanta elasticidade. Assim, é possível começar pequeno e evoluir de acordo com a demanda sem ter que trocar toda a infraestrutura”, explica Ronaldo Botelho, engenheiro de Vendas do Brasil e América Latina da companhia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *