Videoporteiro: os benefícios para residências e empresas

Segundo dados da secretaria de segurança pública, que é responsável por permitir o registro de boletins de ocorrência de violências ao cidadão e patrimônio, apontou que os roubos no mês de junho de 2018 na capital paulista foi de 11.553.

Portanto, isso indica a necessidade de ter uma vigilância eletrônica instalada em residências e empresas. O videoporteiro, é um grande aliado ao garantir a segurança de um patrimônio e das pessoas.

Um porteiro eletrônico permite a identificação de visitantes a um condomínio, residências e locais públicos e privado que além das barreiras físicas como muros e portões encontram o videoporteiro para os identificar.

Neste artigo mostraremos a importância do videoporteiro e um case de sucesso de um dos clientes da WDC sobre o produto de vigilância eletrônica da Grandstream. Acompanhe.

O que é um videoporteiro?

O videoporteiro difere do interfone eletrônico pois garante uma análise por vídeo da pessoa que esta do lado de fora, permitindo assim, maior tranquilidade e segurança.

Então, trata-se de um equipamento similar ao interfone tradicional instalado em portões que apenas identifica a voz da pessoa. Mas muito mais eficiente no quesito segurança da identificação e controle de acesso.

A câmera é discreta sendo praticamente imperceptível às pessoas que serão identificadas. Para quem acessa o equipamento consegue ter uma ótima imagem em alta resolução, além de áudio perfeitos e acesso para abrir e fechar o portão.

Como é instalado um videoporteiro?

A instalação deve ser feita por um profissional especializado, assim, evita-se falhas que comprometem a segurança no local instalado. O equipamento do videoporteiro tem duas peças principais: unidade externa que faz a captura do áudio e vídeo que precisa estar ligado a uma tomada, portanto, precisa ser instalado em local com saída elétrica.

A unidade interna consiste no monitor que faz a exibição da imagem, e também, faz o manuseio do abrir e fechar portões por meio dos botões que o incluem. A altura que o videoporteiro deve ser instalado na parte externa é de 1,60 m, e na interna 1,40m do solo.

Ao instalar no local correto é parafusado e ligado os fios de acordo com suas cores, após fazer as ligações tanto internas quanto externas da forma correta, se faz os testes do monitor e interfone ajusta-se cor, nitidez, brilho, volume do som e do toque, e com tudo 100% o videoporteiro está pronto para ser utilizado em prol da segurança do seu patrimônio.

Quais as vantagens do videoporteiro?

Diante de tantas notícias de assaltos a ambientes residenciais e empresas, tem-se buscado com mais frequência formas de aumentar a segurança em casas, condomínios, empresas privadas e públicas, então, muitos aderem a vigilância eletrônica para ter mais tranquilidade.

Assim, nas residências e condomínios o porteiro e morador confirmam a identidade da pessoa, se é de confiança, quantas pessoas são e se é um funcionário que realizará uma entrega e etc. e quem está no lado interno pode, por exemplo, solicitar que seja mostrada a identidade no videoporteiro.

A solução pode ser aplicada em diversas situações, a análise e liberação de entradas são possíveis tanto em ambientes corporativos quanto residenciais e comércios.

Como escolher o sistema de videoporteiro certo para minha empresa?

Recentemente a Network Telecom, que é uma grande empresa de telecomunicações, apontou sua satisfação em um depoimento em que cita o produto da Grandstream videoporteiro IP, vendido pela WDC Networks. Veja abaixo sua declaração:

Adquirimos o porteiro eletrônico GDS (GDS3710) da Grandstream para instalar no portão social da nossa nova sede, a princípio ele seria utilizado somente como um videoporteiro IP, porém, ao ler todos os manuais verificamos que ele conta com um leitor RFID, permitindo o seu uso para controle de acesso, além disso a câmera instalada no equipamento também tem uma área de cobertura excelente.

Quando os colaboradores chegam na empresa conseguem abrir o portão social apenas utilizando seus cartões de acesso, com um simples toque do crachá no equipamento, o portão é aberto, além de ser possível gerenciar os acessos por meio do GDS Manager.

O GDS é um excelente produto e após este período de testes que realizamos pretendemos começar a oferecer esse equipamento para os nossos clientes.”

Assim sendo, com base nessas afirmações é possível fazer a escolha correta de um videoporteiro que atenda as suas reais necessidades. Veja que o cliente adquiriu um sistema para uma necessidade e acabou se surpreendendo com outras possibilidades de uso do produto.

A WDC Networks possui soluções de segurança de ponta a ponta, desde vigilância eletrônica até mesmo barreiras físicas e análise de vídeo.

Se interessou por uma solução de vigilância eletrônica para sua empresa? Contate nossa equipe especializada em soluções de segurança.

Um comentário sobre “Videoporteiro: os benefícios para residências e empresas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *