A importância da banda larga no setor agropecuário

O setor agropecuário em 2017 foi responsável por 23,5% da contribuição para o PIB (fonte: Confederação da Agricultura Pecuária do Brasil- CNA). Portanto tem uma importância muito significativa para a economia brasileira.

Sendo assim, o acesso à banda larga torna-se essencial para a movimentação dos negócios no setor. Sem uma conexão de alta qualidade fica inviável responder fornecedores, há perda de dados, a falta de registro dos animais ou insumos.

Assim como, há perda de tempo, pois é necessário deslocar para centros urbanos para resolver pendências que poderiam ser solucionadas pela internet. Por esse motivo que este artigo mostrará a importância da internet banda larga para o setor agropecuário. Acompanhe!

As maiores dificuldades no campo pela falta de acesso a banda larga

Antigamente era precário o acesso à internet pelos moradores do campo, a dificuldade de comunicação era grande e isso dificultava as atividades diárias dos produtores rurais.

Porém, já houve um salto na estabilidade digital no meio rural, mesmo assim a oscilação e quedas do sinal são constantes, por esse motivo, novas alternativas vêm ganhando notoriedade, caso da banda larga via satélite, que ganha cada vez mais usuários no campo.

Quais serviços os agricultores mais acessam

Os trabalhadores do campo têm prioridades e interesses diferentes dos usuários da internet do meio urbano, as atividades virtuais mais comuns são:

  • Navegação em sites de notícias do ambiente rural;
  • Consulta da previsão do tempo e cotações agro;
  • Realizar transações bancárias;
  • Fazer chamada de voz por aplicativos; e
  • Usar softwares para lançamentos financeiros.

Ter dificuldade para realizar essas ações citadas, é perda de conhecimento e dinheiro. Em um setor tão essencial para um país como é o agronegócio, o acesso a banda larga é definitivo para o sucesso do negócio.

As oportunidades para provedores no agronegócio

A agricultura e a pecuária são áreas nas quais o Brasil se destaca no mundo, é um setor que exporta, e que, diferente de outros, continua em crescimento mesmo na crise que estamos enfrentando.

Portanto, os serviços que os Isp’s podem oferecer para empresas nesse segmento, vão de construção de redes, softwares, serviços de hospedagem e um dos principais, que é o uso da internet das coisas para suprir a necessidade do avanço no setor.

Temos em uso no campo drones, GPS, agricultura de precisão e pecuária otimizada, esses serviços já são realidade e podem ser ainda mais explorados por empresas de tecnologia.

Como integrar a internet das coisas no agronegócio

Ao citar o assunto de internet das coisas, muitos imaginam eletrodomésticos e eletrônicos conectados a internet, e não estão errados, realmente a IoT veio para esse fim, conectar equipamentos comuns à rede de internet.

Porém, a IoT é muito mais abrangente, empresas especializadas estão integrando a internet das coisas em maquinários que os produtores rurais utilizam por exemplo.

Assim sendo, as soluções de integrações que provedores podem aproveitar são inúmeras como: inovação no controle de riscos da produção, aumento do número de informações sobre a propriedade e também, encontrar estratégias para os clientes conseguirem coletar o máximo de informações das plantações e culturas.

Quais as maiores dificuldades na integração da IoT no campo

As empresas que fornecem tecnologia IoT para o campo encontram uma carência na falta de sinal de qualidade da internet, que acaba dificultando o envio de dados em tempo real, com isso, obriga-se a armazenar informações para envio posterior.

Também, a falta de capacitação de mão de obra em equipamentos com tecnologias provenientes da internet das coisas é uma das dificuldades encontradas, afinal, esses tipos de equipamentos exigem treinamento de colaboradores para que seu uso seja correto.

Assim sendo, dificuldades sempre vão existir, mas a inclusão da IoT no setor é uma evolução, proprietários de grandes centros agropecuários estão cada dia mais empenhados no crescimento tecnológico de sua produção, portanto, é um ramo em que provedores de internet podem explorar para entregar uma internet rápida e completa para o uso de aplicações da IoT.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais e distribua mais conhecimento sobre a importância da banda larga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *