Conheça as diferenças entre internet via fibra óptica e via Wireless

Existem hoje no Brasil vários provedores de internet regionais, além das grandes operadoras tradicionais. Isso significa que a oferta de conectividade é grande e em diversos formatos, sendo a internet de fibra óptica ainda pouco popular e o modelo via wireless mais amplamente aceito — tanto no uso doméstico quanto no meio corporativo.

Agora, será que o wireless é mesmo a melhor opção? Quais são as diferenças entre o wireless e a fibra óptica? Você já parou para refletir sobre qual destes dois tipos de internet é o mais adequado para a sua empresa?

É justamente essa reflexão que vamos lhe apresentar ao longo deste artigo. Para isso, vamos evitar entrar em detalhes e nos concentrar mais nas demandas estratégicas de conectividade dos negócios. Continue lendo para entender!

internet de fibra óptica

A internet de fibra óptica e via wireless no Brasil

Para começar, vamos situar o cenário brasileiro diante destes dois tipos de conectividade. Não são muitos os estudos comparativos, mas há algumas estatísticas e alguns apontamentos que nos permitem comparar.

Uma pesquisa publicada pela OpenSignal no final de 2016 aponta que 58% do tempo em que os brasileiros estão conectados em dispositivos móveis (notebook, smartphone, tablet etc.) eles o fazem por meio de uma rede Wi-Fi (Wireless Fidelity).

Olhando para o universo corporativo, também fica fácil apontar que este tipo de rede está entre os preferidos. Lá em 2011, quando a conectividade recém chegava ao grau de importância que tem hoje, um levantamento realizado Comitê Gestor da Internet (CGI.br) constatou que 50% das empresas nacionais já usavam internet via wireless.

Já no que diz respeito à internet de fibra óptica, em novembro de 2016 a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou a estimativa de que este tipo de conectividade representa apenas 6% da banda larga no Brasil.

Entre os motivos para a fibra óptica ainda ter uma participação pequena, de acordo com diversos especialistas, está a indisponibilidade de infraestrutura em diversos locais do país, sobretudo nas regiões fora do eixo das metrópoles.

 

As diferenças básicas entre a internet de fibra óptica e via wireless

A primeira grande diferença entre estes dois tipos de internet é visível quando observamos seus meios de propagação: a internet via fibra óptica precisa de um cabo físico para chegar a qualquer lugar, já o sinal wireless se move por ondas de rádio.

Outras diferenças dizem respeito à velocidade e ao alcance: a fibra óptica é muito mais rápida e efetiva que a rede sem fio; ela permite uma transmissão de longa distância com rapidez e qualidade, podendo chegar a até 300 km de distância em uma rede P2P e 20km em uma rede FTTH. Já a internet via wireless tem um limite de aproximadamente 7km em espelhamento de 360° podendo chegar ate 100km se for um link P2P.

A latência, que é aquela sensação de demora que o usuário sente na hora de carregar uma página na web, também é um fator de diferenciação entre os dois formatos. Enquanto com a fibra óptica a latência fica em torno de 1 milissegundo, na rede via rádio ela varia entre 7, 15, 50 e pode chegar a até 200 milisegundos.

 

Como as diferenças entre a internet de fibra óptica e via wireless podem influenciar os negócios

Agora, se deixarmos os detalhes técnicos um pouco de lado e olharmos para questões de negócio, podemos levar a reflexão a um patamar mais prático e mais interessante.

Por um lado, a internet wireless é mais barata e mais fácil de chegar às empresas de todos os portes e que atuem em qualquer segmento de negócio. Por outro, para ter acesso a um serviço de transmissão via fibra óptica, é necessário que o cabo passe por onde a organização está localizada — e o custo de ativação acaba sendo mais caro em comparação neste caso.

No entanto, a internet sem fio tem suas limitações e, em uma visão focada em lucratividade em médio e longo prazo, isso não pode ser ignorado. Ao contratar contratar um plano de 30 mega, por exemplo, o provedor de internet wireless não vai entregar esse resultado  — em média, o alcance fica entre 5, 10, no máximo 15 mega.

Logo, em um olhar mais voltado aos negócios, quando o custo/benefício assume protagonismo, se a intenção é ter um ticket médio maior e aumentar a receita, a melhor opção é a internet de fibra óptica. Ela consegue agregar mais serviços e atinge uma banda maior — alguns provedores conseguem oferecer até 100 mega. Para conseguir tamanha velocidade via wireless, é necessário fazer um investimento muito maior e o serviço acaba custando mais caro.

 

Conclusão: a internet de fibra óptica é a mais indicada para as empresas focadas em alta performance

Em suma, quando o foco é o crescimento estrutural e de performance de um negócio, é fundamental contar com uma conexão mais veloz e mais eficaz. Logo, a melhor escolha é a internet de fibra óptica. Ela consegue agregar serviços que o wireless não suporta, como telefonia e televisão, por exemplo, além de oferecer a possibilidade de interligar várias unidades de negócio localizadas em regiões diferentes.

É importante também ressaltar que é possível manter os dois tipos de serviço e fazer a migração para a fibra óptica aos poucos, de acordo com a demanda da empresa. Assim, a transição pode ser gradual e evitar problemas técnicos e até eventuais resistências que possam surgir por parte dos usuários.

A internet de fibra óptica deve ser analisada como uma evolução nos esforços de conectividade da empresa. Se em um primeiro momento ela parece ser mais cara, o retorno oferecido em termos de qualidade faz com que os investimentos se paguem em pouco tempo.

Sabemos que os negócios com melhor poder de conexão hoje conseguem se destacar em um mercado altamente competitivo, seja do ponto de vista de comunicação (interna e com os demais stakeholders), seja no que diz respeito ao poder analítico de dados que tornam o dia a dia operacional e administrativo mais inteligente, prático, seguro e eficaz!

Sua empresa está preparada para migrar do wireless para a internet de fibra óptica? Para receber mais artigos como este em primeira mão diretamente no seu e-mail, assine agora mesmo a nossa newsletter!

3 comentários sobre “Conheça as diferenças entre internet via fibra óptica e via Wireless

    1. Muito bacana!
      Ótimo que nosso conteúdo esteja sendo útil e agradecemos muito pelos créditos!

      Fique de olho, pois em breve traremos muitos outros conteúdos relacionados com este! 😉

  1. A fibra óptica permite ampliar muito o aceso da população ao internet. O facto de ser um sistema sem cabos faz que as infraestruturas sejam talvez mais fáceis de pôr em prática. Não sei si os investimentos no começo são maiores, se calhar é assim, mais ao longo prazo a qualidade de Internet, a sua rapidez e o trafego que poderá suportar serão muito melhores. Nesta altura teríamos que refletir bem e decidir o que é aquilo mais interessante para fazer e não nos enganar desperdiçando dinheiro e tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *