Afinal, qual é o real papel do líder em uma organização?

Os resultados de uma boa gestão empresarial, normalmente, é reflexo do papel do líder sendo suas métricas o aumento do volume de vendas e a percepção de um movimento crescente e muito bem sustendo da empresa.

Para conseguir esse tipo de resultados, além de ter uma visão de negócios, é necessário que os líderes consigam desempenhar sua função de maneira bastante profissional e assertiva.

Sobre o papel do líder dentro das organizações, listamos o que há de mais importante para que você entenda tudo o que deve e como deve ser feito. Confira:

papel do líder

Saber se comunicar

Como um bom influenciador de pessoas, a primeira coisa que se percebe em um líder é o seu poder de comunicação. As maiores personalidades da história normalmente também eram grandes comunicadores.

Para que se possa tocar os outros em pontos que realmente façam despertar a vontade de se agir em alguma direção, é preciso saber falar e também ouvir.

É essa comunicação aberta e que flui com facilidade que proporciona ao líder conseguir uma ligação mais forte com os demais.

Sabendo utilizar as palavras certas nos momentos mais adequados, o direcionamento do grupo se torna mais fácil.

 

Conseguir lidar com vários tipos de pessoas

Dentro de uma empresa ou qualquer outra instituição, fatalmente existirão vários perfis de profissionais, e é necessário que o líder consiga se relacionar bem com todos eles.

Uma liderança efetiva é aquela exercida de maneira ampla e que consegue atingir as mais diferentes pessoas ao mesmo tempo.

Além de conquistar o apoio do grupo, ao conseguir trazer para perto a maior parte das pessoas com as quais tem contato, o líder deve ajudar a garantir que não existam rupturas, o que poderia fragmentar e enfraquecer os esforços para que os objetivos em comum sejam alcançados.

É preciso saber enxergar cada pessoa e entender como elas pensam para que se possa estabelecer uma relação sólida e mútua.

 

Motivar seus liderados

A grande função de um líder é, sem dúvidas, conseguir motivar as pessoas.

Ao contrário de um chefe, que utiliza a sua força hierárquica para conseguir que seus subordinados realizem algumas tarefas, o líder não usa sua posição para poder conseguir convencer os outros a atuarem da maneira que ele entende ser a melhor.

Por isso, é possível perceber que, em algumas empresas, o maior influenciador de pode não ser o superior do departamento, mas um funcionário regular.

Ao estabelecer uma ligação forte com o grupo, o bom líder percebe o que faz sentido para essas pessoas e busca criar as condições corretas para que todos atuem em uma mesma direção por acreditarem em alguma coisa.

As pessoas são movidas pelas suas crenças e desejos. O líder, sabendo disso, precisa se esforçar para conseguir tocar cada um naquilo que mais importa.

 

Criar engajamento

Qualquer grupo de pessoas terá resultados muito melhores se trabalhar em conjunto – e a união da equipe também é uma tarefa a ser feita pelo líder.

Tendo objetivos comuns, mesmo que sejam implícitos e não declarados oficialmente, qualquer grupo tende a se ajudar.

Nessa hora, o líder atua como um tipo de orientador, indicando quais as melhores formas de cada membro conseguir ser útil e se relacionar com os demais.

Como as pessoas são diferentes, poderão contribuir de formas também distintas e com um grau maior ou menor de interação.

Trazendo as atenções para os pontos de interesse em comum e facilitando a comunicação, o líder promove o engajamento.

Assim, por mais que um grupo seja composto por participantes heterogêneos, um bom relacionamento entre todos, desenvolvido pela liderança, garantirá que os resultados buscados sejam facilmente atingidos.

 

Educar a equipe

Os líderes que entendem a sua posição e estão focados em ajudar todo o grupo liderado a conseguir melhorar a sua condição procuram fazer com que estas pessoas, assim como ele próprio, evoluam.

Identificando as necessidades individuais e também do grupo, o líder procura formas de manter todos no melhor caminho da boa educação.

Um nível mais alto de instrução não significa, necessariamente, a aquisição de conhecimento por meio de instituições formais.

Realizar cursos, participar de workshops e palestras são boas formas de se adquirir informações, mas não são as únicas formas.

O compartilhamento de experiências, a tentativa de utilizar novas formas de realizar coisas do cotidiano servem também como aprendizado.

O líder consegue entender que um grupo que evolui seu pensamento, suas relações sociais e técnicas, terá taxas mais altas de sucesso.

Por isso, seja buscando treinamentos, incentivando a aquisição de conhecimento não formal ou oferecendo feedbacks construtivos, o líder sempre deve incentivar a aquisição e descoberta de novos conhecimentos.

 

Planejar e estabelecer metas

Um grupo que se mantém próximo, com certeza, tem alguns objetivos em comum.

Poder ser uma família que se encontra para uma comemoração, uma conversa entre vizinhos ou uma reunião de trabalho para debater um novo projeto.

Quanto mais claros forem estes objetivos, mais empenhadas estarão as pessoas envolvidas.

Nesse momento, o papel do líder é conseguir ajudar a identificar essas metas e alinhar o melhor planejamento para que elas sejam atingidas.

Sem um plano de ação bem estabelecido, as pessoas acabam trabalhando de forma individual, o que pode levar ao caos e ao desentendimento.

É função do líder ajudar a desenhar o caminho a ser trilhado pelo grupo, o que facilitará o entendimento sobre os processos e melhorará o desempenho da equipe.

É dessa forma que melhores resultados são atingidos, principalmente em momentos de superação de instabilidade e crise.

 

Delegar tarefas

Como já foi possível perceber, tanto o líder como os liderados precisam atuar de maneira conjunta para que todos possam desfrutar dos resultados conquistados pelo grupo.

Isso significa que o esforço individual é muito importante e precisa ser coordenado para que ninguém desempenhe um papel redundante ou mesmo que atrapalhe a evolução de todos.

Um bom líder não é aquele que assume para si todas as responsabilidades, mas aquele que consegue dividi-las com grupo de maneira que ninguém fique sobrecarregado, nem mesmo ele.

Esse é o segredo do sucesso: esforços coletivos e bem orientados.

Agora que você já sabe qual é o papel do líder consciente e bem-sucedido, ajude seus amigos e conhecidos a entender mais sobre o tema compartilhando este conteúdo em suas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *